17.4.12

I ENCONTRO CLASSIC CAR'S - CAMPINA GRANDE - PB

Eu e meu co-piloto favorito, meu filho Danilo

Recebendo premiação por participação no evento das mãos do presid. do CCAPB Paulo Maia.

Preciso dizer alguma coisa?

3 comentários:

Paulo Levi disse...

Êeeee...vidão!

Lembrei agora: há uns 10 anos, estive em João Pessoa e fiz a festa numa loja de peças para Chevette. O nome da loja era Lyra & Lyra, se não me engano. Lá, comprei um reservatório para o esguichador de parabrisa do meu 75, novo na caixa. Queria comprar um parachoque traseiro pra trazer pra SP como bagagem de mão, mas as instâncias superiores (no caso, minha mulher) vetaram a idéia.

Mauricio Morais disse...

kkkkk, sempre nossas mulheres...Paulo foi uma delícia a viagem. O asfalto ajuda e pede aceleração. Mantive 120 km/h boa parte do trajeto, sem sustos. E aquela característica de saída nervosa da traseira é uma delícia. Gostei demais. Não pisei mais porque as rodas estavam desalinhadas e o volante começava a tremer. Outra coisa que estranhei foi a falta da 5ª marcha, cheguei a jogar 3ª pensando que era 5ª só no reflexo. Imagine o susto...

Anderson Lira disse...

A loja citada pelo Paulo é a J. Lyra Braga, estoque antigo de uma revenda falida de GM. Ainda tem muita coisa por lá... Principalmente de monza, kadett e omega.

Já vasculhei muita coisa por lá, junto com dois amigos proprietários de chevette. E já encontramos muitasraridades, vide um painel de GP zero, entre outras....