18.9.11

PORSCHE 550 SPYDER

Outro dia postei uma Alfa GTA toda torta e recebi gratuitamente uma aula sobre a torção de chassis, comportamento de suspensões, etc, etc.
Agora chego com uma outra questão que me atiçou a curiosidade ao ver essa foto
da montagem de um 550 Spyder.
A questão é: Como uma estrutura aparentemente tão frágil pode ser tão resistente?
Notem a espessura dos canos que sustentam o trem de força do carro .

3 comentários:

Rui Amaral Jr disse...

Mauricio na fase em que os chassis eram tubulares a arte de engenharia para torna-los firmes era uma grande obra de arte.
Acredito em minha modesta opinião que chegou a seu ápice com a bela Maserati tipo 61 a BIRDCAGE que era construída com mais de duzentos tubos finissímos. Como o nome bem diz gaiola de passaros....
Depois vieram a honey comb e hoje todos os grandes carros ssão de fibra de carbono.

Humberto Corradi disse...

O Rui disse tudo. Ralmente é uma obra de arte.

Francisco J.Pellegrino disse...

Coisa linda, quem gosta de arte automotiva esta foto mostra tudo...