6.7.11

QUER VER UM FÚRIA ANDANDO?


Roubei este vídeo lá do blog do grande Jovino, de Brasília.
É uma cena rápida desse belo exemplar do Fúria, obra do
mestre Toni Bianco, estacionando no pátio do Veteran Car Club
de Brasília. Ouçam com deleite a acelerada no finalzinho do vídeo.


10 comentários:

danilo kravchychyn disse...

Maurício,

Taí a prova que o Brasil já teve grandes bólidos, tá certo que com coração italiano, mas o desenho do Fúria é uma obra prima do Toni Bianco, que com o Anísio Campos forma a dupla de magos do design do nosso automobilismo de competição.

Abraço,

Danilo Kravchychyn
Ponta Grossa-PR

Mauricio Morais disse...

É vero Danilo. Na verdade tudo no Fúria é italiano, pois o Toni nasceu na bota. Mas isso é detalhe, o carro foi concebido aqui e isso é que importa.

mavecas disse...

Vc não roubou,apenas pegou sem pedir,isso,para enriquecer mais um pouco a cultura automobilística dos aficcionados como nós!!!Obrigado pelos pequenos minutos de delírio...Bom demais!!!

Ass. Vílder Jr (Mavecas)

Sidney Cardoso disse...

Maurício
Tive o prazer de ver o Fúria de perto nos 1000 Kms da Guanabara 1969, quando nossa equipe correu com o Lorena e o Ford GT 40.
Era igual a esse com motor Alfa Romeo de 2000cc que foi guiado pelo Jaime Silva e Hugo Galina com o número 81. O Carro é lindo, a distribuição do peso idem com motor entre-eixos.
Como vocês disseram esse carro é uma obra prima dos magos Toni Bianco e Anísio Campos.

Para minha alegria o Paulo Trevisan encomendou ao mago da ilustração MM, e me presenteou com sua idem obra prima. A ilustração está emoldurada num quadro aqui em casa na parede. Exatamente igual a esse.
Esse carro pra mim é inesquecível.
Abraços.

Sidney Cardoso disse...

A memória às vezes dá uma rateada. Pequena correção: motor de 2.150cc.

Mauricio Morais disse...

Bem vindo Vilder Jr. É muito bom tê-lo aqui.
Sidney havia esquecido dessa ilustração. Esse carro é muito bonito, de qualquer ângulo ele é perfeito.

danilo kravchychyn disse...

Sidney,

Seu comentário enriquece ainda mais o post. É muito bom ler o depoimento de quem viveu dentro da pista aquela maravilhosa época do automobilismo.

Seu GT40 está vivo na memória de quem assistiu da arquibancada as corridas da Divisão 4.

Abraço,

Danilo Kravchychyn
Ponta Grossa - PR

jovino disse...

Diga Mauricio, você manda.
O Fúria, para mim, foi o carro mais bem concebido naquela época e muito bonito. Coloco ele entre os três mais bonitos daquela época para mim, o Fúria FNM 2150, o Fitti Porsche e o Elgar GT 104, apesar que não tinha um acabamento de primeira, mas o seu designe era muito bom.
Jovino

Gilmário "Serrot" Alencar Jr. disse...

Muito bonito, ainda hoje tem linhas muito modernas!

Sidney Cardoso disse...

Danilo
Obrigado pelas palavras.

Maurício
Falou tudo, de qualquer ângulo o Fúria é perfeito. E o que acho interessante também é que ele é autêntico, ou seja, não foi copiado de nenhum outro protótipo.

Jovino
Concordo contigo. Também são os meus preferidos e acrescentaria mais três: Mark I, o Bino Mark II e a Berlineta-Simca do Ricardo Achar, sendo que nesse último se deu o mesmo que você falou do Elgar GT, design legal com pouco acabamento por dentro.