8.2.11

LUIS PEREIRA BUENO ACABA DE NOS DEIXAR.

Recebi neste instante, às 9:32 um telefonema de Sidney Cardoso
informando da morte do grande piloto Luis Pereira Bueno, o grande Peroba.
O Luisinho já vinha lutando com várias enfermidades nos últimos anos.
Será velado em Atibaia, Sp e cremado em São Paulo, capital.
Este blog  externa seus sentimentos de solidariedade aos familiares.
Atualizando:
UM BREVE RESUMO DA CARREIRA DO LUISINHO ESCRITO PELO RONALDO NAZAR.


Aqui uma sintese da carreira deste grande piloto brasileiro.
Luiz Pereira Bueno nasceu em São Paulo, 16 de janeiro de 1937.
Cresceu em volta de carros e oficinas mecanicas.
 
Começou sua carreira em 1958 nas mil milhas Brasileiras em Interlagos ao lado de outra lenda do automobilismo, Bird Clemente.Integrou o departamento de competições da Willys Overland do Brasil desde o seu inicio, sob a tutela de Christian Heinz o "Bino". Dali formaram a maior e melhor equipe de competições que o Brasil já possuiu. Após a morte prematura de Christian nas 24 Horas de Le Mans de 1963, Luis Antonio Greco assumiu o comando da equipe e formou um verdadeiro time de "Ases" . Além de Luizinho integravam a equipe, Bird Clemente, José Carlos Pace, Wilson Fittipaldi JR.Emerson Fittipaldi,Chico Lameirão, Carol Figueiredo.
 
Luizinho iria colecionar uma série imensa de vitórias nas principais provas brasileiras.Venceu Mil Milhas, 24 horas , 500 km, 1000 km, 12 horas,3 horas de velocidade.
 
Foi campeão brasileiro por 5 vezes. 1967,1968,1972,1973,1975.Fo i para a Europa e participou da temporada de F Ford em 1969 tendo como chefe de equipe Stirling Moss. Foi vice campeão ,mesmo tendo começado a correr no meio do campeonato.Participou da primeira temporada de F Ford no Brasil o Torneio BUA .
 
Venceu a etapa do Rio de Janeiro. Participou de forma brilhante da temporada de Formula 3 no Brasil correndo contra Alan Jones, Toni Trimmer, José Carlos Pace, Wilson Fittipaldi os feras da categoria na época. Correu 2 provas de Formula 1 ambas realizadas no Brasil .
 
A primeira em 1972 quando foi disputada a primeira corrida de F1 no País. Pilotou um March 711 formando dupla de equipe com Ronnie Peterson.Nos treinos para a corrida Luiz bateu o recorde do anel externo de Interlagos feito que permanece até hoje. Em 1973 participou correndo com um Surtees em companhia de José Carlos Pace.Foi co-proprietario daquela que foi a grande equipe de competição do Brasil nos anos 70.
 
A equipe Hollywood. Imortalizou o Porsche 908, o Opala , o Marverick Berta , o protótipo Berta Hollywood.
 
É o piloto que uniou a era amadoristica de Chico Landi,ao profissionalismo que tem inicio em Emerson Fittipaldi.
 
Enfim o Peroba como ficou conhecido nas pistas devido à sua grande resistencia fisica , parte deixando um fabuloso legado no automobilismo brasileiro. 
RONALDO NAZAR

4 comentários:

danilo kravchychyn disse...

Maurício,
O automobilismo brasileiro perde um de seus maiores nomes. Justamente no momento em que está sendo lançado o livro com a sua trajetória.
Ao lado dos irmãos Fittipaldi, do José Carlos Pace, Luizinho foi exemplo para toda uma geração de pilotos que consolidou o automobilismo brasileiro no âmbito internacional.
Fica a saudade e as boas lembranças. Pra mim, não há imagem mais bela que o Porsche 908/2 da Hollywood na pista original de Interlagos.

Danilo Kravchychyn
Ponta Grossa - PR

antonio disse...

grande Piloto !!
talvez um dos últimos `` Gentleman Driver´´.
deixou no automobilismo brasileiro a sua história.

Apuzzo

Sidney Cardoso disse...

Hoje sem palavras... Só saudades de tudo de bom que ele nos proporcionou... E muitas orações para que descanse em paz.

teca disse...

Um abraço caloroso... é o que tenho vontade de expressar no momento.
Que Deus o conserve na palma de Sua mão.