1.2.11

E AÍ, VAI ENCARAR?

11 comentários:

danilo kravchychyn disse...

Maurício,
Estrada de madeira é a primeira que eu vejo. Mas o Fusca sempre venceu os desafios com valentia e não seia uma meia dúzia de pregos que o impediria de chegar ao destino.

Danilo Kravchychyn
Ponta Grossa - PR

Mauricio Morais disse...

Com certeza Danilo. Essa estrada estaria numa fase inicial de pavimentação?

Rafael Dias Santos disse...

Bela foto. Imagino o suor do motorista com os pneus estreitos e a suspensão de embuchamento transferindo o alinhamento das tábuas pro volante! Esses dias passei um calor numa estrada que tinha ranhura dos pneus de caminhão no asfalto...nossa mãe!

Bela foto!
Abs

A Paris... disse...

Onde foi tirada esta foto?
Que ano?
Seria interessante saber o contexto da foto para entender o motivo destes tipo de solução.
Parece que a trilha foi feita para uma bitola maior que a do Fusca que está com duas rodas fora da trilha de madeira...
Grato
Alexander

Francis Henrique Trennepohl disse...

Belíssima foto!!!

Mazinho Rocha disse...

Está ai a solução para muitas estradas brasileiras de hoje.hehhehe

Mauricio Morais disse...

Essa foto tirei de um power point que recebi do Nelson Cintra.
Não há nenhuma informação sobre local, data, etc.

danilo kravchychyn disse...

Maurício,
Parece ser um trecho de ferrovia, pelos dormentes, acredito que ainda em fase de construção, nos anos 60 ou 70. Acredito que a cobertura dos trilhos por madeira era preferível a utilizar as esburacadas estradinhas da época.
Só um palpite, mas é bom divagar.
Em todo caso, está em melhores condições que muitas rodovias de hoje.

Danilo Kravchychyn
Ponta Grossa - PR

Joel Marcos Cesetti disse...

Realmente parecem dormentes de ferrovia,mas deve ser para ancorar as tábuas de madeira para não estragar o piso criando as valas no transito de veículos.

Luís Augusto disse...

Que bela foto!

Mauricio Morais disse...

É, essa foto permite muita divagação.