RESUMO DAS FÉRIAS DEZ/2010


Férias devemos passar num paraíso. Seja no frio do Sul, na imensidão do Centro-Oeste, ou no calor
tropical do Nordeste. Esse é o meu caso. Eu já moro no paraíso faz 7 anos. Mais precisamente em
João Pessoa.
Basta pegar o carro, andar 15 ou 20 Km para achar um lugar paradisíaco pra descansar, reunir os
amigos, beber água de coco e saborear frutos do mar. 
Nas próximas férias venha para cá. Muita história, praias verdadeiramente desertas e muito descanso.
Legendando as fotos:
No alto, à esquerda, pôr-do-sol na praia fluvial do Jacaré, ao som do Jurandir do Sax tocando o bolero de Ravel. Á direita, praia em Cabedelo, município colado à João Pessoa.
No centro, duas fotos do Forte de Stª. Catarina, em Cabedelo.
Embaixo, saboreando uma lagosta com camarão, pirão, posta de dourado e outras iguarias. Hummm!

Comentários

Rui Amaral Jr disse…
Não acreditoooo!!!!
Ótimo, belas férias!

Um abraço

Rui
Região abençoada!
Belas imagens.
Mauricio Morais disse…
Faltaram vocês aqui Rui e Joel.
d'Assis Cordeiro disse…
Caro Mauricio que inveja.

Aqui o calor só vai chegar daqui a seis meses.
Bom regresso ao trabalho.
Um abraço
Ricardo
Repito: vou denunciá-lo para as autoridades competentes...comer lagosta e camarão na época do defeso é crime....!
Mauricio Morais disse…
Obrigado D'Assis.
Chicão você acha que eu não sei que você andou comendo lagosta, cmarão, ostras e outras cositas mas aí nas praias do sul maravilha. ora pois. No próximo ano venha pra cá, ok?
Bah, que vidinha dura!!!! hehehehe
Abração
Jovino disse…
A farra foi boa, hein Maurício!
Me diga uma coisa: você como bom goiano, teve um pequizinho com gueroba? Tô vendo lá no cantinho que o pequi esteve presente. Este nectar da culinária goiana.
Jovino
Mauricio Morais disse…
Francis, eu amigo gaúcho, aqui tem uma terra que na verdade é areia pura que daria para seu fusca brincar demais. Acontecem umas "CORRIDAS" NA AREIA FANTÁSTICAS. pROCURE NO uTUBE.

Amigo Jovino, aquilo não é pequi, são algumas batatas, lindas, douradas e apetitosas. Aqui não se conhece o pequi. E apesar de minha goianidade, não suporto o cheiro do pequi, pra tristeza de minha mulher que adora.