8.4.10

CORVETTE Z 06 - 5

Perdoem-me por não ter postado no dia de ontem, mas não tive tempo de sentar e continuar este trabalho.
Hoje também estou correndo, mas vai dar pra mostrar um pouco da evolução na arte do Corvette do Carlos.

Notem que as cores escuras vão dando volume à carroceria e seus contornos bem marcados pelos vincos.
Nesta hora é preciso usar a ferramenta mais desenvolvida de qualquer ilustrador que se preze:
A OBSERVAÇÃO.
Independente da técnica, o ilustrador tem quer olhar bastante para ver e sentir as nuances do objeto desenhado.
E também perceber quando o olhar está cansado. Nesta hora deve parar, sair de frente do computador, descansar os olhos. Depois voltar e começar a catar os detalhes.
Catar masmo, sair à cata, como o garimpeiro que busca ávido a pepita de ouro no meio do cascalho.
Bem, tá virando poesia, tenho mais o que fazer.

Nenhum comentário: