8.4.09

FUSCAS INTERESSANTES

Bem meus amigos, hoje preciso da ajuda de vocês para concluir uma arte.
Fiz um apanhado de fusquinhas que de alguma forma marcaram sua passagem pelas pistas de corrida do Brasil. Não tanto pelos resultados obtidos mas mais pelo carisma e novidades técnicas que apresentaram.
Gostaria que os blogueiros me ajudassem a listá-los dando nome do piloto (s), equipe, e ano e, que correram.
Vamos ver quem consegue matar a charada do terceiro carrinho.
Tem outra coisa, o primeiro fusca é o carro do Bino, anos 50. Não consegui nenhuma foto colorida dele, por isso, intuí que fosse uma mistura de vermelho com laranja. Quem souber as cores exatas pode falar que corrijo.
Estou aguardando, vamos lá!

15 comentários:

GP Oficina Mecânica disse...

Numero 8
Arturo Fernandes, Divisão 3, anos 1977, 78, 79, 80;
Não tenho certeza, mas provavelmete campeão 2 vezes pelo campeonato paulista e 1 vez pelo campeonato brasileiro.

Os outros até arrisco palpites, mas vou confirmar primeiro.

Abraço

Carlos Eduardo Szépkúthy
htp://gpomec.blogspot.com/

Anônimo disse...

Faltou aí o da Autozoom , pilotados pelo Teléco e Guaraná em 72/74 . Na minha opinião os mais bonitos , e davam um trabalho ...
Luca

Tohmé disse...

MM, cadê a fuqueta da Gledson?
Ou será que não foi importante.....sei lá.

Ron Groo disse...

Uma vez comprei uma caixinha com doze fuscas pintados com cores de bandeiras de diversos paises, se pareciam bastante com estes ai...
Eram bem legais mas meus filhos deram um jeito de acabar com todos.

Teca disse...

A única coisa que posso te falar é que esse desenho aí está uma graça!

Maurício, aproveito o embalo e deixo aqui um abraço especial de FELIZ PÁSCOA pra você e toda a sua família, e também para a galera toda que frequenta esse blog pra lá de sensacional!

Beijo amoroso.

Sidney Cardoso disse...

Maurício

Colaborarei te passando os que conheci.Estou passando algumas informações de cabeça, desculpe-me não poder pesquisar melhor agora, estou escrevendo uma longa matéria, portanto sem tempo para isso no momento. Creio que Ricardo Cumha poderá auxiliá-lo melhor.

Fusca Cascão #12, piloto Enio Garcia e Antonio Martins Filho, equipe Brasal/Cascão ano 1968. Correu as 300 Milhas do Rio em 15-11-1968, não sei se foi estréia.

Fusca #201, piloto Luiz Antonio Lima, equipe acho que Sery ou Seri, corria com publicidade da Trivelato, ano acho que 1969.

Fusca #87 Fittipaldi-Fusca 1600, a estréia acho que foi na Prova Santos Dumont, que filmei no RJ, em 27-10-1968, com os pilotos Luiz Fernando Terra Smith e Nataniel Townsend chegaram em quinto lugar.

Correu também com Emerson Fittipaldi e Nataniel Townsend as 300 Milhas do Rio, Prova Deputado Levy Neves, em 15-11-1968, chegou em sexto lugar, após ficar parado algumas voltas devido a quebra da panela de freio na entrada do Pinheirinho no RJ. Minha cabeça não é privilegiada é que participei também dessa prova e vi quando eles pararam no Pinheirinho.

Fusca # 7 Fitti-Fusca com dois motores, esse tenho certeza porque estou escrevendo agora justamente uma matéria sobre essa corrida. Estréia, 100 km da Guanabara , 14-12-1969, pilotos Emerson Fittipaldi e Wilson Fittipaldi, quebrou.

Olha, acho que merecia estar aí também o Fusca #63 de Fernando Rodrigues Lima, equipe DUCAUTO, era um Fusquinha bem legal do RJ, acho que a estréia também foi em 1969.

Vou te enviar umas fotos do Fusca 63, caso deseje inclui-lo.

Tanto o Ovo de Codorna como esse apareceram após estrear o Fittipaldi-Fusca, pois eles copiaram as inovações desse último, ou seja, sem ventoinha e carter seco.
Abraços,

Gustavo disse...

Nossa! o Sideney estava sem tempo...imagina com tempo. Genial adorei a ilustração e o comentário.

Mauricio Morais disse...

Tohmé, o Fusca da Gledson é o 7º. Vamos acordar! He, he.

Luís Augusto disse...

Tá faltando o meu! (hahahahaha)
Abração

De Gennaro Motors disse...

legal ! gostei !

Anônimo disse...

Mauricio:

Alguns resultados desses Fuscas:

O primeiro foi pilotado por Christian Heins/Eugenio Martins e chegou em segundo lugar na Mil Milhas Brasileiras em 1956.

----------------------------------

O segundo, como já disse o Sidney Cardoso, é da Equipe Brasal, de Brasília e conseguiu os seguintes resultados em 1968:

14/04/68 - 1000 Km de Brasília - Não terminou

30/06/68 - 500 Milhas da Guanabara - Segundo colocado

28/07/68 - Circuito de Anápolis - Primeiro colocado

25/08/68 - 500 Km de Salvador - Terceiro colocado

15/09/68 - 500 Km de Brasília - Primeiro colocado

27/10/68 - 300 Km de Goiânia - Terceiro colocado

15/11/68 - Prova Dep. Levi Neves - Rio de Janeiro - Sétimo colocado

08/12/68 - 1000 Km da Guanabara - Quinto colocado

(com exceção do Circuito de Anápolis, onde foi pilotado apenas pelo Enio Garcia, nas demais corridas foi pilotado pelo Enio Garcia e pelo Antonio Martins Filho)


-----------------------------------

O quinto é o Volkswagen 1600 da Equipe Fittipaldi, que conseguiu os seguintes resultados em 1968, os dois primeiros já listados pelo Sidney Cardoso:

27/10/68 - Prova Santos Dumont - Rio de Janeiro - Quinto colocado - Luis Fernando Terra Smith/ Nathanael Townsend.

15/11/68 - Prova Dep. Levi Neves - Rio de Janeiro - Sexto colocado - Emerson Fittipaldi/Nathanael Townsend

08/12/68 - 1000 Km da Guanabara - Terceiro colocado - Marivaldo Fernandes/Nathanael Townsend



Um abraço.

Ricardo Cunha

Mauricio Morais disse...

Ricardo que trabalho de arqueologia maravilhoso. Muito obrigado por enrquecer nosso espaço bloguístico.

gtx disse...

maurício, apenas para adensar a identificação do vw 12, com ênio garcia e antonio martins filho.

Mauricio Morais disse...

Valeu GTX. ABS.

Anônimo disse...

Gostaria de saber quais os programas que você utiliza para fazer os seus desenhos. Grande abraço. Maninho. www.maninhodesenhos.blogspot.com