17.10.08

TO BE OR NOT TO BE


Como podem os ingleses, sendo tão fleumáticos, criar carros arrojados e temperamentais? verdadeiras máquinas de prazer ao volante?

Penso que o automobilismo tem uma lógica própria, uma emoção particular, algo que rompe todos os paradigmas da psicologia tradicional.

Veja o caso dos alemães. Tidos como sizudos e pragmáticos, fazem carros apimentados e desejados como os Porsche e BMW.

Os italianos expressam toda latinidade em suas macchinas, nenhum espanto quanto a isso.

Os americanos também, refletem em suas banheiras ambulantes o gosto pelo exagero.

Quanto aos Japoneses e coreanos, seus carrinhos são pequeninos, miudinhos, discretos e bons de trabalho como eles próprios.

Falando nisso...e os carros brasileiros?

Carro brasileiro, legitimamente brasileiro, com sotaque de Brasil e não Brazil?

Será que existe ou existiu? O que pensa você meu querido leitor. Diga, abra seu coração.

(Em tempo, a ilustra acima é um pôster feito para um colecionador).

12 comentários:

Gustavo disse...

Faltou o Mini , mas está lindo assim mesmo.

Gustavo disse...

Ah, carro brasileiro, o Puma.

breno disse...

Carro brasileiro mesmo? acho que só o Gurgel Br 800. Motor, cambio, projeto, tudo brazuca, certo?

Kaio Braga disse...

Se é feito no Brasil é brasileiro, por que não? e a globalização? o que é nacional afina?

Felipão disse...

Se bem que o Gurgel utilizava peças de outros vários carros produzidos por essas bandas...

Relmente, muito complicado de se apontar um realmente leg´timo...

Luís Augusto disse...

Maurício, acho que o carro brasileiro existe sim e não está restrito a raridades como Democrata ou Brasinca nem a carros de nicho como o Gurgel ou o Puma. Mesmo aproveitando projetos já existentes em outros países, os engenheiros e designers brasileiros souberam dar uma personalidades muito própria aos nossos produtos, a ponto do Corcel ser considerado muito mais bonito do que o Renalt 12 que o originou e do Opala ser muito superior ao primo Opel Rekord. Simca e Aero Willys alcançaram aqui um desenvolvimento muito maior do que nas matrizes e o DKW Fissore lançou tendências para o design mundial. O Gol foi desenvolvido aqui e é sucesso em outros mercados. São os exemplos dos quais me lembro agora. Abraço

Ron Groo disse...

Acho que só o gurgel mesmo. não consigo me lembrar de nenhum outro.

Joel Marcos Cesetti disse...

Olá Mauricío!

Na minha opinião o SP 2 me parece que foi um projeto totalmente brasileiro e que recebeu elogios da matriz, certo pessoal?

ABS

Joel Marcos Cesetti disse...

Quanto a ilustração nota 10 ficou linda!

Mauricio Morais disse...

thanks joel.

arare.ilustraçoes disse...

Excelente trabalho Maurício, já salvei no meu PC, hehe.
Como disse nosso amigo Joel aí em cima, nota 10!!!
Quanto ao carro genuinamente brasileiro, hummmm...

Mauricio Morais disse...

Valeu Ararê! Sobre carro brasileiro mesmo, também penso como você...hummmmm