24.9.08

TO BE OR NOT...

Outro dia, na enquete de carros esportivos mais amados do Brasil...(acho que era isso) alguém citou o Formigão como carro esportivo. Hoje recebi um link com esta e outras zilhões de fotos com carros esportivos nacionais que irei publicando aos poucos.
Bem, mas a pergunta que faço é, na opinião dos nobres blogueiros, o Formigão é picape ou carro esporte, ou os dois, por que não? Justifique sua resposta!

14 comentários:

Felipão disse...

hahahahah

que pergunta difícil, Mauricio...

igualzinho Tostines...

mas, como vc disse, pq não os dois???

Abração

Luís Augusto disse...

Um Crossover bem à frente do seu tempo, só que feio pra dedéu!

breno disse...

É um carro com alma carioca, feito pra curtir a praia e o trampo, meu ;}

Gustavo disse...

Achava que este carro tinha um design legal na época. Hoje é muito estranho.
Gostava também do Gurgel (acho que era G15), nesse estilo.

paulo davi disse...

realmente é estranho, mas eu gosto.
Acho que é um "crossover" como disseram acima.

Mario Estivalet disse...

É diferente!!!! Sempre achei interessante. Como sou apaixonado por mecanica VW, mais ainda. Claro que o design não é o de uma "brastemp", mas acho legal. Carro esportivo não, mas pickup esportiva sim! Se achasse uma por aí até dava uma "namorada".... (será que cabe uma Isetta na caçamba???)

arare.ilustraçoes disse...

Pôxa, tiraram essa do fundo do baú hein?
Como disse o Mario Estivalet aí, é uma "picape esportiva" e até que é legal, diferente.
Quanto a Isetta na caçamba...

Um abraço

Joel Marcos Cesetti disse...

Na época não deram muita atenção ao modelo, hoje feio ou diferente reconhecemos que já tinha um perfil diferente eu gosto do modelo!

Mauricio Morais disse...

Gostei do termo picape esportiva, acho que define bem a proposta da Renha, empresa que o construiu e depois fez aquele triciclo com motor VW.
Quando eu era menino, tinha uma perto de casa em Goiânia. Me lembro que era bem socada, com a suspensão rebaixada. Era impactante ver aquela coisinha diferente, arrastando a barriga no chão.
Muitos anos depois ví a mesma toda acabada carregando meteriais de construção, deu dó.

tohmé disse...

Sempre gostei desse treco.
Conheço um cara que tem um verde originalzinho, mas se recusa a vende-lo (la)

Cesar Costa disse...

Eu conheço um que está inteirinho e está à venda. Nunca entendi porque não fizeram o modelo com um visual de Brasília. Como na época os tratamentos anti-corrosivos não eram lá grande coisa, acho que teria sucesso. O que "matou" ele no início, acho eu, é que foi feito na plataforma da Brasília, com motor "em pé", que provocava um "calombo" na caçamba. Com plataforma de Variant talvez fizesse mais sucesso...

Luciano Miranda disse...

O Paulo Renha era um construtor com muita criatividade...

Renato Bellote disse...

Tem um verde aqui perto de casa. Mas está em péssimo estado de conservação.

Russo disse...

Tem um verde aqui perto de casa. Mas está em péssimo estado de conservação.[2]

Ele é elétrico, tem um motor de máquina de costura, e a parte de trás da pick-up é só pra baterias...