5.3.08

TESTE SEUS CONHECIMENTOS

Dando uma volta pelo site memorável do fotógrafo Rogério P. da Luz, que foi rececntemente atualizado, encontrei esta foto com dois carros da Porsche que mais barbarizaram nas pistas dos anos 70. Os irmãos 917 e 917/30 (se não estou enganado).
Então pergunto eu, o que estava rolando em Interlagos? Quem eram os pilotos? e como foi o desenvolvimento desses carros nos campeonatos que disputaram (Isso se disputaram, claro!)

12 comentários:

Paulo Coimbra disse...

Copa Brasil 1972
Dez entre 3 e 31, foram 5 provas...
O carro numeral 2 é do Wilsinho Fittipaldi, o 3 é Willy Kausen, 917 e 917/10 respect. Chassis nº:917/10-015 Willy
917/10-001 Wilson A mesma equipe do Willy com patrocinio da Motoradio.
abraços

Anônimo disse...

Puxa...esses caras sao mesmo perigosos. Sabem tudo mesmo.
E isto mesmo, Wilsinho e o Kausen.
O Kausen de vez em quando aparece nas provas de historicos.
abs
Max

Mauricio Morais disse...

É isso aí Max, aqui só tem era.

Paulo Coimbra disse...

Max,
Vasculhei minha biblioteca aqui...
As vezes me surpreendo com certos "ícones" do automobilismo brasileiro, figuras representativas como vc que ainda tem a paciência de ler as "besteiras" que pesquisadores autodidatas fazem e as "abobrinhas" que escrevemos.
Parabéns peço LINDO Porsche!
abçs

Anônimo disse...

Mauricio:

Foram disputadas três provas da Copa Brasil em Interlagos,no ano de 1972:

09 de dezembro -

1 - Willy Khausen - Porsche 917/10
2 - Wilson Fittipaldi Jr. - Porsche 917
3 - Andrea de Adamich - Alfa Romeo TT-33/3
4 - George Loos - McLaren M-8 D
5 - Franz Pesch - Porsche 917/10
6 - Albert Pfuhl - Porsche 908/2
7 - Renato Peixoto - Repe 227
8 - Siegfried Rieger - McLaren M-8 C
9 - Francisco Lameirão - Porsche 907
10 - Jan Balder - Avallone-Crysler

10 de dezembro -

1 - George Loos - McLaren M-8 D
2 - Wilson Fittipaldi Jr. - Porsche 917
3 - Albert Pfuhl - Porsche 908/2
4 - Siegfried Rieger - McLaren M-8 C
5 - Jan Balder - Avallone-Crysler
6 - Franz Pesch - Porsche 917/10

Não terminou:

Renato Peixoto - Repe 227

Não largaram :

Willy Khausen - Porsche 917/10
Andrea de Adamich - Alfa Romeo TT-33/3

17 de dezembro -

1 - Wilson Fittipaldi Jr. - Porsche 917
2 - Andrea de Adamich - Alfa Romeo TT-33/3
3 - George Loos - Mclaren M-8 D
4 - Jan Balder - Avallonne-Crysler
5 - Siegfried Rieger - McLaren M-8 C
6 - Albert Pfuhl - Porsche 908/2

Não terminou :

Willy Khausen - Porsche 917/10

Não largou :

Franz Pesch - Porsche 917/10

Um abraço.

Ricardo Cunha

Mauricio Morais disse...

Olá Ricardo, obrigado pelas estastísticas. Imaginem esse grid. Porsche 917/10, Porsche 917, Alfa Romeo TT-33/3, McLaren M-8D ,Porsche 917/10, Porsche 908/2,Repe 227, Porsche 907, Avallone-Crysler.
Merece um texto do mestre Joaquim, lá na coluna dele no blog do Saloma.

Anônimo disse...

P/ Paulo Coimbra
é graças "as besteiras" que voces escrevem que os cacarecos como eu revivem um pouco do passado.
Nem tanto por saudosismo, mas sim, pela alegria de saber que gente como voces nao nos deixam cair no esquecimento. Naturalmente eu sou o ultimo dos vagoes no automobilismo brasileiro, mas garanto que mais apaixonado do que eu nao tem. Pode ter igual mas, mais nao.
Obrigado novamente a todos voces e vamos continuar a falar "besteiras" porque de coisas "Sèrias" o Brsil està cheio.
abs
Max

Anônimo disse...

Revendo a foto dos 917, vi que sao da "imagem luz" . lembro agora que na época era quem tirava as fotos das corridas de Div 4.
Certamente, se ainda existe, deve
ter um arquivo muito interessante.
Sugiro ao pessoal do ramo que verifique.
abs
Max

Mauricio Morais disse...

Max você está certo, clique neste link: http://www.imagensdaluz.com/
É onde o Rogério Luz expõe suas fotos atuais e do passado.

Paulo Coimbra disse...

P/ Max:
Max, imagine um garoto de 6 anos que assistia àquelas memoráveis corridas de rua aqui em Juiz de Fora, MG, nas quais vinham os irmãos Varanda, os Da Matta de BH, alguns do RJ(até parece o grid da Corrida Maluca, rs) sentado no "cangote" do pai... Ná época eu já foleava as Sport Auto, MotorSport, Q Rodas, Auto Esporte... Vc não imagina o que se passa na cabecinha de uma criança que fica imaginando e sonhando com o que escondiam aquelas lindas e sedutoras formas de um Porsche 908/910/917,... de um monstro de Indianápolis como o Coyote do Foyt, entre tantos outros. Infelizmente, aqui em casa, nunca pudemos ir além das competições de Kart locais e mesmo assim ainda interrompidas pela morte de meu irmão mais velho num acidente de Kart, mas, com o tempo, procurei direcionar minha Paixão para a pesquisa sobre o assunto e hoje tenho a maior biblioteca sobre automobilismo de competição da cidade(acho eu), aos pouquinhos coloco pra fora um pouco do que eu acho que sei...rsrs, conhecimento que de alguma forma, empírico, foi acumulado em anos de observação e estudo.
Rememorar algumas épocas de uma fase tão romãntica quanto profícua do automobilismo, nacional e mundial, para mim é como voltar à minha infância, de sonhos, ideais e expectativas.
Outro dia encontrei sua foto juntamente com outros dois personagens observando uma "cria", tô atrás dela..., não sei onde foi, em qual revista...rs, mas vou achar...rs
abçs, obrigado pelo incentivo.

Anônimo disse...

Caro Paulo, continue assim pois o Mauricio jà escreveu "as paixoes sao o sentido da vida" o resto é papo furado
abs
Max

Fabio disse...

Existe uma história sobre o Porsche do Wilsinho.
Emerson Fittipaldi conta que levou a mamãe Fittipaldi,dona Juzi,dar uma volta em Interlagos no Porsche, sentando a bota, claro.
Quando estava para completar a volta estranhando que ela nada dizia, olhou para o lado e dona Juzi estava simplesmente desmaiada !!!!!!!!