MUDANDO DE ASSUNTO... (Depois volto aos karts Mini)

Estou pesquisando fotos do belo Super Vê Kaimann, que correu nos anos 70 e deu vitórias pra muita gente boa. E claro que enviei um s.o.s. para o seu criador, ninguém menos que o nonno Massimo Pedrazzi, que atualmente vive na Itália.
Primeiro nosso Max disse que só tem fotos aqui no Brasil e que quando viesse pra cá me repassaria, sem problemas. Aí abri meus e-mails hoje e me deparei com esta mensagem do nonno:
"Oi Mauricio, achei estas fotos dos Kaimann. Estes são de uma corrida européia e o interessante é que os dois da frente são com o "bico" estreito, que usamos mais comumente no Brasil, mas tinhamos também o "bico" largo como o da foto que todo mundo gostava mas nao funcionava muito bem pois na Europa corriam com o motor "tipo 4" e nós com o Tipo 1 naturalmente era menos potente e não tinha "cavalaria" para empurrar um bico deste tamanho. Se achar mais alguma foto enviarei. abraço e novamente obrigado. Massimo"
Taí, achei legal colocar para os matuzas. Eu não conhecia essa configuração do Kaimann, cheia de aerofólios e scoop acima da cabeça do piloto. A imagem que tenho na memória é do Kaimann usado pelo Alfredo Guaraná, todo prateado e com patrocínio da MF.
Se alguém quiser enriquecer o post pode fazê-lo.

Comentários

Joaquim disse…
Taí, não sabia que o Massimo Pedrazzi era um dos co-autores do Kaimann de Super Vê, aqui chamado de Magnum Kaimann. Sempre creditei o trabalho somente ao Alexandre Guimarães. Era um projeto austríaco, cujo autor não me recordo agora, mas que levou o Helmut Koinigg (que morreu degolado pelo guad rail num acidente no GP dos EUA em Watkins Glen, em 1974)ao título europeu da Super Vê, creio que em 72 ou 73. A Magnum Kaimann também produziu - ou alguém adaptou - chassis para a F-VW 1300 e, acredito, até para a F-Ford. Pelo menos tinha um tal chassi VIG do Ricardo Lenz César (lá por 76) que era a cara do Kaimann.