PRONTO. (Se tiver paciência leia o texto abaixo e comente)

Taí minha homenagem a esse que foi um carro maravilhoso e injustiçado.
O Copersucar Fittipaldi FD 01 foi o ponto de partida para uma aventura tão grandiosa quanto incompreendida.
O Brasil não estava preparado para o que veio a acontecer. E me pergunto, será que estamos agora? Penso que não.
O que Wilson Fittipaldi Jr. e Emerson fizeram estava além do seu tempo. Eles resolveram desbravar a densa floresta do automobilismo mundial, com a meta de atingir seu ponto mais alto, os picos da Fórmula 1.
Ousaram sonhar e colocar em prática esse sonho. Reuniram forças e foram em frente.
Ousaram também no projeto. Seu ímpeto jovial e arrojado exigia algo novo.
E Ricardo Divila, o projetista, usou e abusou da liberdade que lhe deram.
E assim encantaram o mundo com um projeto inovador e diferente.

Palmas para a coragem dessa trupe, que conseguiu fazer o Brasil sonhar durante alguns anos,
chegando na frente da Ferrari no campeonato de construtores.
Sinto que faltou pouco para eles conquistarem seu objetivo maior...
Pouco não, faltou "apenas" uma forcinha que nosso país, nosso povo deixou de dar.

Comentários

mario estivalet disse…
Belo desenho e justa homenagem. Projeto sensacional para a epoca, atualizado, sem apoio nenhum. Vi outro Copersucar F1 que está nas oficinas do Museu da Ulbra, e realmente era um sonho brasileiro.
O que me dói é que tudo que é feito aqui é considerado ruim. Já ganha apelido e é menosprezado. Os franceses, ingleses, americanos, e até argentinos tem respeito, orgulho de seu país e por suas coisas. Nós não. Achamos que tudo que é de fora é melhor. Que pena. Tivemos carros muito bons em sua época, nossos pilotos são sensacionais, tivemos foras de série nas decadas de 70 e 80 pra ninguem botar defeito, tivemos esforços nacionais (Gurgel, Puma), sempre ridicularizados. E não vejo como um país que inicia seu Hino Nacional com "Deitado eternamente em berço esplendido....", e que tem um povo cujo sonho é se aposentar, ficar "encostado" no INSS, receber salario desemprego, bolsa familia, bolsa estudo, vale transporte, etc, possa mudar. Vamos valorizar mais as nossas coisa, começando por reconhecer o esforço de Emerson e outros semelhantes que abandonam uma McLaren para perseguir o sonho de construir um Copersucar!!!!!!!
Mauricio Morais disse…
Esse é o espírito Mário. Abs.
Novamente uma obra de arte Maurício, parabéns o Mario disse tudo, o problema é que muitos brasileiros estão "deitados eternamente em berço esplendido" e ainda não acordaram para ver o potencial de outros brasileiros.
Já ia me esquecendo o anônimo do post do F1 do Emerson sou eu, o meu primo sumiu com a peça, diz ele que foi roubada.
Abraços.
Mauricio Morais disse…
Olha Joel esse primo seu , sei não viu!!Como é que pode, perder uma relíquia dessas?
Abs
Ararê disse…
Maurício, fantástico, ficou lindo o desenho, parabéns!
O comentário do Mario Estivalet está corretíssimo, tudo o que vem de fora tem mais valor, taí o abandono dos nossos carros de competição, da nossa história, esquecidos...e quando você tenta resgatá-los de alguma forma você é taxado de só gostar de velharia. É por essa e outras razões que programas como "BBB" fazem tanto sucesso por aqui.

Um abraço!

Ararê
Anônimo disse…
Mauricio:

Parabéns pelo belo trabalho. Uma merecida homenagem aos Fittipaldi. Num país sem memória como o nosso é muito bom ver pessoas que ainda tentam salvar um pouco da nossa história.
Um abraço.

Ricardo Cunha
Mauricio Morais disse…
Valeu Ararê e Ricardo. É bom saber que muitos pensam como eu quando o assunto é história do nosso automobilismo.
Speed Arosi disse…
Caro Mauricio
Que Deus continue te abençoando, pois seu "traço" tem sido maravilhoso, e agora, seu texto também foi fantástico.
O Brasil precisa de muitas, mas muitas mais pessoas como vc e estes nossos amigos blogueiros que dão valor a este pais, muUito além das "vantagens" corruptivas que aqui existem.
DEUS PODE, E VAI MUDAR TUDO ISSO UM DIA.
Anselmo
Mauricio Morais disse…
Anselmo só posso dizer amém! Abs.
L-A. Pandini disse…
Maurício, lindo desenho. Só uma dica: o modelo era FD 01, e não 001. De resto, maravilhoso! Eu deveria ter umas oito paredes extras em casa e no escritório. Abração! (LAP)
Mauricio Morais disse…
Valeu a Dica Panda, abs.
MYNHOKA disse…
Ei, Mauricio.Enviei e-mail a vc p/ saber detalhes do poster do Copersucar 3 dias atras, mas vc não responde.Poderia responde-lo?
Grato
Marco
Jaime disse…
Faltou uma verdade em seus comentários.
No ano que a família Fittipaldi teve de abandonar o sonho da equipe brasileira por falta de patrocínio, o Brasil, através do IBC sustentou a equipe Ligier, já que o piloto Raul Boesel corria lá, e a família dele era muito amiga do então Pres. Figueiredo.
Condições o Brasil tinha, como tem, vergonha e merecimento é que os líderes brasileiros não tem.