São comentários como este que me dão gás pra
continuar com este blog. Valeu Luís Eduardo


Fantástica esta P33. Tive o prazer de ver de perto,
nos boxes do autódromo de Curitiba, não lembro o ano.
Era simplesmente linda. E o Moco era seu piloto na ocasião.
Quero dar os parabéns a vc, Maurício, e a todos os blogs
que estão resgatando a história de uma época de ouro de
nosso automobilismo. Tenho a impressão que a paixão
por carros e corridas era a mola mestra que impulsionava
a atividade.
Infelizmente não consigo sentir isto atualmente em nenhuma
das categorias, com excessão da Superclassic, a mais bela
categoria nacional, na minha opinião. Estou sempre
acompanhando seu blog para matar as saudades de máquinas
que nunca saíram da minha cabeça, apesar dos meus 50 anos.

É também um prazer ler os comentários e esclarecimentos do
Sidney Cardoso, que nos enriquece tanto com seu conhecimento
e sua experiência de grande piloto que foi, ou melhor, é,
pois com certeza não desaprendeu. Agradeço a vocês, ao Saloma,
ao F.Gomes e seus colaboradores pelas horas de prazer que
passo em frente ao computador lendo seus relatos, histórias e
vendo a beleza de seu trabalho. Um grande abraço.
Luiz Eduardo

Comentários

Sidney disse…
Luiz Eduardo
Obrigado pelas amáveis palavras.
Sem querer rasgar seda, fique certo de que nos sentimos tão felizes quanto você ao constatarmos o interesse de vocês pelo automobilismo. Isso nos estimula a narrar o que sabemos.
Forte abraço.